Obra em Destaque Info

A Fada Palavrinha e o Gigante das Bibliotecas
A Fada Palavrinha e o Gigante das Bibliotecas


Luísa Ducla Soares

Ilustrações Maria João Raimundo


"Sobre as crianças eu deito

uns pós de PeRLiMpImPiM

para descobrirem que ler 

é uma aventura sem FIM..."



 



Ligações Úteis

Bem-vindo à Biblioteca Municipal de Ílhavo

Biblioteca Municipal de Ílhavo



Inaugurada em 11 de setembro de 2005, a Biblioteca Municipal de Ílhavo desenvolve múltiplos projetos e atividades com o objetivo de se transformar num equipamento cultural de referência e excelência no Município e no contexto da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas. Enquanto espaço, instalada no que restava de um nobre Solar do Século XVII, a Biblioteca Municipal de Ílhavo pretende ser uma Biblioteca atual, uma Biblioteca do século XXI, com uma intervenção ativa na comunidade, contribuindo para uma sociedade mais consciente e informada.



  • 20 DançasEscondi a minha vozAlvin e os Esquilos 4A cura de SchopenhauerEm busca da ostra megalítica
  • Quem dá um bolinho ao Martim?Viver depois de tiOnde estás, Audrey?Non-stopFormas
  • À DESCOBERTA DE...

  • LUÍSA DUCLA SOARES

  • À CONVERSA COM...

  • JOÃO VAZ DE CARVALHO

  • UMA NOITE NA BIBLIOTECA...

  • AO RITMO DAS PALAVRAS!

  • COMUNIDADE DE LEITORES - "Estórias sem história"

  • de António Marques Leal

  • TEATRO DE FANTOCHES

  • “Os Ovos Misteriosos” de Luísa Ducla Soares

News

JORGE SERAFIM na BMI!

   

News

DIA MUNDIAL DO LIVRO








News

"O SOM DAS PALAVRAS"

News

À Conversa com... Luísa Ducla Soares

24 de Abril

10h30 | 14h30


 Maria Luísa Bliebernicht Ducla Soares de Sottomayor Cardia, considerada uma das mais relevantes escritoras portuguesas na área da Literatura Infantil, estreou -se em 1970 com o volume de poesia “Contrato”, embora poemas seus já surgissem em várias publicações desde 1951. O seu primeiro livro infantil, “A História da Papoila” (1972), recebeu em 1973 o Grande Prémio Maria Amália Vaz de Carvalho, recusado pela autora por razões políticas. Em 1986 recebeu o Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura para Crianças pelo Melhor Texto do Biénio 1984-1985, com o seu livro “6 Histórias de encantar” e dez anos mais tarde o Prémio Calouste Gulbenkian pelo conjunto da sua obra. Em 2004 foi nomeada para o Prémio Hans Christian Andersen da IBBY (International Board on Books for Young People).

O humor aliado à fantasia e ao non-sense, constitui uma das marcas distintivas da obra da autora: a irreverência da narrativa, chamando a atenção do leitor para situações absurdas e comportamentos determinados pelo preconceito, contribuindo para a tomada de consciência, por parte dos jovens, de uma multiplicidade de possíveis interpretações do mundo em que vivem.


As sessões são abertas a todos os que queiram assistir e participar da conversa, não perca esta oportunidade!

News

Comunidade de Leitores

Comunidade de Leitores

News

SABERES COM SABOR

News

ABRIL NA BMI

MARÇO